top of page

21H00

A República do Cavalo Morto

TELBA CARANTOÑA TEATRO

ABR

20

IMG_20210213_113345.jpg

A República do Cavalo Morto

TELBA CARANTOÑA TEATRO

a partir do texto de Roberto Espina

Há repúblicas raras, repúblicas que caem, repúblicas fracassadas, repúblicas pesarosas, repúblicas utópicas, repúblicas esquecidas, repúblicas que não merecem uma lágrima e outras onde milhões foram derramados.  Por favor, não entre em pânico, sente-se e prepare-se para conhecer e ouvir um ser atormentado e de aparência estranha. Bem, essa é a maioria daqueles que buscam a verdade. Ele quer compartilhar com você, ou melhor informar, de sua grande descoberta; descobriu as ruínas de uma grande civilização em algum momento da nossa América. Graças a essa descoberta, podemos ter noções claras de sua coexistência. Bem, na verdade, graças ao teatro que foi realizado lá. Afinal, o teatro pode ser um reflexo da nossa realidade, não é? Três textos cheios de humor, ironia e travessura, sete fantoches, um marionetista e um monólogo final da morte.

FICHA TÉCNICA/ARTÍSTICA

Adaptação: José Quevedo

Encenação e cenografia: José Quevedo                                           Interpretação: José Quevedo

Desenho de luz: Emmanuel Gunezler                                                         Produção: José  Quevedo

Canções: Daniel Bravo

PÚBLICO-ALVO

M/12

DURAÇÃO

50 min.

ENTRADA LIVRE

RESERVAS & INFORMAÇÕES

TELBA CARANTOÑA TEATRO

seafim-malacueco-1.jpg
icon-web.png

Telba Carantoña Teatro, nasceu em janeiro de 2009 com o desejo de honrar  e promover o legado da professora venezuelana Telba Carantoña, que  dedicou sua vida à difusão e desenvolvimento do teatro de marionetas na  Venezuela.  Nosso grupo já participou de diversos festivais nacionais e  internacionais, além de completar um tour por boa parte de nossa América  do Sul entre 2017 e 2018, no ano 2019 chegamos a Portugal para  continuar a demonstrar nossa competitividade, movimentação e  perseverança    no    plano    do    teatro    de    marionetas. José Quevedo:  Nasceu em La Guaira em 27 de dezembro de 1985. Em 1993, ele começou sua  formação em teatro de fantoches com a Fundação Telba Carantoña,  recebendo uma educação completa dentro dele. Em 2005 entra no Teatro  Naku y em 2009 funda o Telba Carantoña Teatro. Desde 2015, ele faz parte do Movimento do teatro Lambem- lambe  Venezuela. Em setembro de 2023, ele chegou aos seus 30 anos de vida  artística dentro do teatro de marionetas.

seafim-malacueco-1.jpg
icon-web.png

Siga-nos no Facebook

ilustracao-bird-1.png
ilustracao-bird-2.png
bottom of page